Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
AGENDA   (20-09-2017)
HOME  (13-09-2017)
MESA DE CURA PLEIADIANA  (04-09-2017)
ATENDIMENTOS   (04-09-2017)
FLORAIS DE BACH   (04-07-2017)
VENTOSATERAPIA  (04-07-2017)
MOXABUSTÃO  (04-07-2017)
ESCALDA-PÉS  (04-07-2017)
BIOMAGNETISMO  (17-06-2017)
QUER AJUDA?
O que mais incomoda você hoje?
Não consigo melhorar
Problemas financeiros
Vida afetiva
Vida profissional
Minha mãe
Meu pai
Minha saude
Minha religião
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (1982 votos)



ONLINE
1




Partilhe este Site...

PagSeguro


HIPNOSE CONDICIONATIVA
HIPNOSE CONDICIONATIVA

 

A Hipnose Condicionativa – Registro de Propriedade Intelectual – Direitos Autorais – IGAC-MC: 4396/2006 para todo mundo e registro INPI – R.P.I: 114.09, descoberta na década de 80 pelo psicoterapeuta brasileiro Luiz Carlos Crozera, que após anos de pesquisas e aprimoramento consagrou-se como autor das técnicas de CONDICIONAMENTO MENTAL, a mais nova linha da hipnose clínica, onde emprega o bloqueio direto do emocional negativo, sem necessidade de investigar a vida de uma pessoa (rastreando a memória do momento presente até o período de gestação). Esta técnica possibilita tratar todos os tipos de medos, traumas, fobias, síndromes e abalos emocionais; para cada ano de vida são gastos 45 segundos, durante o processo de bloqueio do emocional negativo. Na Hipnose Condicionativa não são trabalhadas sugestões, nem metáforas, comumente usadas nas técnicas da hipnose ericksoniana. Emprega-se mecanismo de condições diretas para a mente humana, na forma de ordem e comandos.

Na HC o paciente fica passivo, não fala com o terapeuta durante a sessão, esta linha da hipnologia também adota mecanismos com gatilhos condicionados aos sentidos de percepção e comportamento, voltados ao meio e ao metabolismo que são implantados na mente do paciente, esta técnica também emprega terapia de energização, projeção/progressão mental, ressignificação, ativação do relógio biológico, entre outras. Abrevia o resultado terapêutico em qualquer patologia, elevando a auto-estima (fator primordial para imunologia orgânica), equilibra o centro emocional, reduz a ansiedade em situações adversas (fator que desencadeia o estresse, a depressão, hipertensão, insônia, diabete emocional, desestabilização metabólica do organismo, descontrole do centro emocional, lapsos de memória, entro outros).

A Hipnose Condicionativa não é uma junção ou fusão de técnicas, mas sim uma nova linha da hipnologia, projetando a verdadeira “saúde”, indo até a causa dos problemas, onde nenhum componente químico pode entrar – “na mente humana”. Adota-se o método subliminar para levar uma pessoa ao sono terapêutico (estado de transe), onde o sensor crítico (racional) é afastado durante o relaxamento, criando o estado alterado de consciência, a mente passa não analisar, nem criticar as informações que são recebidas mediante a voz do terapeuta, na HC a pessoa não pensa nem imagina nada durante a sessão. Quando uma pessoa, em estado de transe ou sono terapêutico, é levada a pensar e imaginar, não se trata de hipnose (estado alterado de consciência), são técnicas e mecanismos de sugestão apenas, para se conseguir resultados positivos, com sugestões, as pessoas induzidas deverão estar suscetíveis. A HC tem contribuído para melhoria da qualidade de vida, atuando também na saúde preventiva e coadjuvante à medicina convencional, estima-se que 2.000 pessoas são atendidas por dia com as técnicas de Condicionamento Mental.

Alguns benefícios e Indicações terapêuticas da Hipnose Condicionativa:

Inúmeras são as indicações, dentre elas podemos citar algumas das mais utilizadas: Ansiedade, depressão e a síndrome do pânico, vários distúrbios e transtornos provocados ou acentuados pelo estresse e um desequilíbrio emocional; nos distúrbios psicossomáticos, onde um fundo emocional pode ocasionar uma gastrite, asma, processos alérgicos, enxaqueca e vaginismo; no apoio ao tratamento do câncer, da AIDS; nos processos dolorosos, principalmente nas dores crônicas; na cardiologia no controle da hipertensão e outras cardiopatias; na ginecologia, na obstetrícia, o parto sem dor com um acompanhamento pré-natal com sessões de hipnose. No preparo de pacientes com indicação cirúrgica, tanto no aspecto emocional como na potencialização da recuperação. Na odontologia como apoio nos tratamentos de pessoas com fobias, traumas; nos problemas relacionados a dores e disfunções da mastigação, bruxismo. Na motivação e aumento da força de vontade; como apoio nos tratamentos do alcoolismo, tabagismo e dependências químicas de forma geral. Na ajuda ao controle de peso. Na obesidade, impotência sexual, ausência de orgasmo, ejaculação precoce. Na preparação de estudantes aos vestibulares e concursos, melhora no desempenho geral de atletas, e muitas outras aplicações. Sua utilização vem se expandindo a um número cada vez maior de profissionais e especialidades, onde os avanços nos conhecimentos aumentam a segurança e eficiência de sua aplicação, como forma terapêutica de apoio, dentro de uma filosofia moderna de tratamento multidisciplinar.

Aspectos gerais no tratamento com a Hipnose Condicionativa:

  • Aumento da auto-estima, auto-confiança;
  • Saúde física e psicológica;
  • Equilíbrio emocional e psicológico;
  • Energia Vital;
  • Melhora a qualidade de vida;
  • Prevenção de doenças provenientes de fundo emocional e coadjuvante aos tratamentos da medicina tradicional.

A Hipnose Condicionativa e as mulheres, exemplos de indicações:

  • Reequilíbrio emocional (Promoção da auto-estima);
  • Problemas do foro sexual (exemplo: falta de interesse/ desejo sexual, …);
  • TPM (tensão pré-menstrual);
  • Dores de cabeça (enxaqueca);
  • Maternidade (parto sem dor, acompanhamento pré-natal);
  • Adaptação a Meia-idade (crise de meia-idade, síndrome do ninho vazio, síndrome porta giratória, sintomas do climatério/menopausa)

A Hipnose Condicionativa pode ser usada para as crianças, adolescentes e estudantes universitários:

  • Preparação para os exames/provas de aferição;
  • Diminuição da ansiedade fase aos exames;
  • Atenção;
  • Concentração;
  • Memorização;
  • Dificuldades de aprendizagem;
  • Defesas orais;
  • Ampliar o interesse na leitura/aprendizagem
  • entre outras.

 

Texto extraído de Instituto Brasileiro de Hipnologia

ACESSE NOSSA AGENDA E SELECIONE UM DIA E HORÁRIO DE SUA DISPONIBILIDADE E AGUARDE NOSSA CONFIRMAÇÃO

 

topo